Amigo Que Não Desiste de Mim

Agradeço a você amigo caminhante ao lado meu
Que não acreditou que a tempestade repentina
Pudesse devastar minha alma
Que não aceitou que as areias jogadas nos meus olhos
Viessem a confundir meus desejos autênticos
Amigo é você que não duvidou da palavra limpa
Que plantei na verdade da minha estrada
Hoje agradeço a você amigo inteiro
Que mistura com a minha a sua energia
E não teme os punhais que me ameaçam
Por sentir que meu coração é capaz de vencer
Qualquer golpe armado pelas mentiras
Agradeço o sorriso que você abriu na fidelidade do seu rosto
E que todos os dias remete ao deserto que atravesso
Ao seu grito que me anima nos pedaços mais caudalosos do rio
À sua doce zanga que sempre me empurra além
E pede que eu dobre convicta as esquinas mais escuras
Agradeço à sua oração que conversa com deus
E me cobre de fé todas as noites
Aos anjos que encomenda para que me vistam de paz
Às lágrimas que você derrama em silêncio
Por sentir a dor da minha dor
Mas por saber que ela só minha
E entender que a força está nos lenços da minha alegria
Agradeço às palavras de estímulo que você escolhe com carinho
Para que eu escute os sons da coragem real
Agradeço por todos os dias você acreditar na minha escalada
Por me enviar as cordas trançadas no tear do seu amor
Agradeço pelo Sol sincero que você faz nascer no pico da montanha
E que me aquece a cada nova manhã que recomeço
Obrigada meu amigo guerreiro
Que mantém apertada sua mão na minha
Companheiro das lutas brancas
Que ao meu lado empunha armas de uma munição florida
Flores de um jardim que nem todos podem sentir o aroma
Mas que exalam o perfume que você inspirou da minha respiração
Agradeço a você meu amigo
Que percebe o desejo do meu querer
E ajuda que eu arranque os cadeados da minha morada
As vendas dos meus olhos
E me aponta na delicadeza a sua convicção
A imortalidade do sonho que construí
Quando o medo se fez por demais voraz ao meu coração
Obrigada por ajudar que eu erga meus próprios movimentos
Por me oferecer as ações que me respeitam
Sem confetes pequenos
Sem serpentinas ilusórias
Sem promessas que enganam e não perduram
Agradeço por você ser o meu amigo simples
Que crê na luz que só eu posso acender em mim
A luz que atravessa todos os muros
Todos que me são necessários para crescer
Obrigada amigo que não desiste de mim
Amigo do sempre
Amigo do eterno
Amigo Azul

Beijos azuis

kk

Direitos Autorais Reservados
Livro : Tanto Azul

Deixe uma resposta